terça-feira, 5 de dezembro de 2017

BÍBLIA

DIA  DA BIBLIA
no 2º domingo, de dezembro, é comemorado o dia da Bíblia. Esta data é uma excelente ocasião para avaliarmos qual a importância que damos a Palavra de Deus em nossas vidas, qual a influência que permitimos que ela exerça no nosso dia a dia, em nosso comportamento e em nossas decisões. Alguns lidam com a Bíblia como lidam com um amuleto de sorte, a deixam aberta em um texto que profere bênçãos, normalmente o Salmo 91 e com esta atitude esperam que todas aquelas palavras se cumpram de forma mágica em suas vidas. Precisamos entender que a benção está em praticar a Palavra (Mt. 7.24-25) e não usá-la como um amuleto da sorte ou mesmo recitar seus textos como palavras mágicas, sem nenhuma intenção de colocar imediatamente em prática o que contém em suas páginas. Os praticantes desta Palavra irão usufruir de suas bênçãos e estarão sempre de pé, mesmo em tempos de crise, estes são como casas firmadas na rocha. O convite é para sermos praticantes e não apenas ouvintes. “Mas o homem que observa atentamente a lei perfeita que traz a liberdade, e persevera na prática dessa lei, não esquecendo o que ouviu mas praticando o, será feliz naquilo que fizer”. (Tiago 1:25) Outros usam a Palavra de Deus como instrumento de consulta instantânea, buscando respostas bem objetivas, um sim ou um não, para alguma decisão urgente que precisam tomar. Assim, sem nenhuma preocupação com o contexto, abrem as Escrituras, apontam o dedo aleatoriamente para algum versículo e tomam aquele texto como uma resposta de Deus para a questão proposta. Sobre isto precisamos lembrar que as maiores heresias foram tiradas da própria Bíblia, usando textos isolados, extraídos violentamente do seu contexto. O contato diário com a Bíblia como um todo, a intimidade adquirida ao longo do tempo com esta santa Palavra, sem dúvida nenhuma, irá nos orientar em todas as questões da vida, mas ela não pode ser lida como o horóscopo do dia. “Lâmpada para os meus pés é tua palavra, e luz para o meu caminho”. (Salmos 119:105). “Guardei no coração a tua palavra para não pecar contra ti”. (Salmos 119.11) Imagino que nunca tivemos tanto acesso a Bíblia e ao mesmo tempo ela nunca foi tão esquecida. Existem Bíblias na internet, nos celulares, em áudio, em diversas versões, Bíblia do Bebê, da Mulher, do Homem, mas apesar de todas estas facilidades, especialmente em um país livre como o nosso, não damos a devida importância a esta poderosa Palavra, não separamos um tempo tranquilo para ler, meditar, aprender, ouvir Deus falar. Certamente este é um dos principais motivos de muitas derrotas pessoais e ao mesmo tempo da baixa qualidade de crentes que vemos hoje por todos os lados em nossa nação. “Meu povo foi destruído por falta  de conhecimento” Oséias 4:6a) Que possamos aproveitar muito bem este dia em que é comemorado o dia da Bíblia, para voltarmos a ela com paixão e ardor, deixar que sua poderosa mensagem influencie todas as áreas das nossas vidas e nos dispor a pratica-la imediatamente a cada direção que Deus nos der através desta Santa Palavra. Algumas coisas só são geradas em nós através da busca sincera pela Palavra de Deus, não há atalhos para isto. A Palavra gera fé: “De sorte que a fé é pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Deus”. (Romanos 10.17). Gera vida: “as palavras que eu vos disse são espírito e vida”. (João 6:63b). Nos santifica: “Santifica-os na tua
verdade; a tua palavra é a verdade”. (João 17.17). Ela é eterna: “Mas a palavra do Senhor permanece para sempre”. (1 Pedro 1:25). Leia esta Palavra, medite nela de dia e de noite, pratique em todo o tempo, você não irá se arrepender. “Antes bem-aventurados os que ouvem a palavra de Deus e a guardam”. (Lucas 11.28)




Nenhum comentário: